Dia Nacional da Gastronomia

2016-05-24

O Dia Nacional da Gastronomia Portuguesa foi instituído em Portugal em junho de 2015, após aprovação da Assembleia da Republica, para o último domingo do mês de maio.

Assim, as primeiras comemorações acontecem este ano, a 29 de maio por todo o Pais mas com maior incidência na cidade de Aveiro, onde irão decorrer diversas iniciativas que visam marcar a data.

A Figueira da Foz foi uma das cidades que aderiu às comemorações convidando os seus restaurantes a apresentar uma ementa típica da gastronomia portuguesa, local ou não.
Na semana de 23 a 29 de maio ou simplesmente no dia 29 de maio, será possível saborear aromas e temperos tão portugueses e alguns figueirenses em particular, e assim associar-se a estas comemorações.

Visite os nossos restaurantes aderentes e apreciei o que têm para si!

AREIAS DE SABORES – Av. do Brasil – s/n – areal da Praia da Figueira da Foz - Tel. 233 415 336
Ementa: Ameijoas à Bulhão Pato / Lombos de Bacalhau com Brandade de Bróculos e Cebola em 2 Texturas / Pudim de Ovos Conventual c/ Maçã Reineta & Bombom de Vinho do Porto

CAÇAROLA DOIS - Rua Bernardo Lopes, 85 - Tel. 233 426 930
Ementa: Sopa de peixe c/massinhas / Filetes de Linguado c/ arroz do Mar / Brisa da Figueira

CASA DOS PAPAGAIOS - Rua Eng.º Silva 10 - Tel. 233 422 506
Ementa: Salada de bacalhau /Creme de legumes c/massinhas/ Pataniscas de bacalhau c/ arroz de tomate malandrinho/ Aletria da Avó

CASA DOS SUECOS - Rua Joaquim Sotto Mayor 73A,- Tel: 917 805 581
Ementa: Pataniscas de bacalhau / Ovos verdes / Salada de ovas c/ vinagrete / Sopa de peixe fresco com coentros / Ensopado de robalo / Pato no forno com molho de uvas tintas, Batata corada, Migas de grelos / Leite-creme com flor de laranjeira / Arroz doce com gemas

MAR À VISTA - Snack-bar - – Rua 5 de Outubro 92-94 – Buarcos - Tel: 233 107 271
Ementa: Sopa de peixe / Gata em molhos fervidos/ Sardinha Assada/ Arroz doce

O PICADEIRO – Rua Académico Zagalo, 20 - Tel. 233 426 930
Ementa: Pataniscas de petinga c/ peixinhos da horta/ Costoletas do mar (filetes de sardinha panados) c/ arroz de berbigão / Arroz doce

O PELEIRO - Largo do Alvideiro, 5 - Paião – Tel. 233 940 120
Ementa: Caldo Verde / Feijoada de Samos de Bacalhau / Pudim caseiro.

Pizzaria Restaurante RATOLAS - Estrada de Coimbra, 32 - Tel. 233 422 506
Ementa: Pão de alho e queijo de cabra / Açorda e Mozzarela / Pizza de sardinha / Doce à Ratolas

Restaurante A CANTARINHA - Travessa da Rua das Tamargueiras, 3 - Tel. 233 422 506
Ementa: Sopa de Peixe / Raia à lagareiro / Feijoada de Búzios / Sardinha à Marujo / Fruta da época / Mousse de Abóbora

Restaurante CLARIDADE – Rua da Restauração, 38 - Tel. 233 423 521
Ementa: Sopa de peixe/ Açorda de bacalhau / Raia enxambrada / Leite-creme / Arroz-doce

Restaurante LOTA NOVA - Avª 12 de Julho, 342 - Gala - Telf. 233 912 780
Ementa: Petingas fritas de escabeche/ Sopa de peixe / Raia de pitau / Brisa da Figueira

Restaurante MARÉGRAFO - Largo da Beira Mar, 2- Buarcos - Tel. 233 433 150
Ementa: Arroz de maminhas da Noviça (bacalhau, gambas, feijão vermelho e salicórnia)

BOM APETITE!!

QIPME 2020

2016-05-06

A ACIFF prepara uma candidatura a um Sistema de Incentivos do Portugal 2020, no âmbito dos Projetos Conjuntos para Formação-Ação, que apoiará a fundo perdido a intervenção nas Pequenas e Médias Empresas (PME).

Programa: QIpme 2020

Objetivo: intensificar a formação dos empresários e gestores, bem como dos trabalhadores das empresas nas temáticas associadas à inovação e mudança organizacional.

Formação-Ação: Intervenção com aprendizagem em contexto organizacional, que mobiliza e internaliza competências com vista à persecução de resultados assentes numa estratégia de mudança empresarial.

Metodologia: Alternância das vertentes Formação (40% do total de horas) e Consultoria (on the job) (60% do total de horas), permitindo atuar ao nível dos formandos, desenvolvendo competências nas diferentes áreas de gestão e ao nível da empresa, procurando aumentar a produtividade, a capacidade competitiva e a introdução de processos de mudança/ inovação nas empresas.

Modelo de Intervenção:
a.Diagnóstico e Definição do Plano de Ação;
b. Implementação e Acompanhamento do Plano de Ação;
c. Avaliação de Resultados/ Melhorias Implementadas.

Beneficiários: PMEs até 100 trabalhadores

Apoio: 90% das despesas elegíveis

Comparticipação Privada: 10% das despesas elegíveis

Áreas Temáticas a abranger (a PME deve escolher apenas uma destas áreas para ser intervencionada)

1.Organização e Gestão
- Introdução de novos métodos ou novas filosofias de organização do trabalho
- Reforço das capacidades de gestão
- Estudos e projetos
- Redesenho e melhoria de layout
- Ações de Benchmarking
- Diagnóstico e Planeamento
- Melhoria das capacidades de desenvolvimento e distribuição de produtos, processos e serviços

2.Implementação de Sistemas de Gestão (Qualidade, Ambiente, SST, Inovação e Outros)
- Implementação de sistemas de gestão da qualidade ou de outros sistemas de gestão não incluídos nas demais temáticas, com vista à sua certificação (sistema português de qualidade ou sistemas internacionais de certificação)

3.Internacionalização
- Conhecimento de mercados externos
- Criação, desenvolvimento e promoção internacional de marcas
- Prospeção e presença em mercados internacionais
- Marketing internacional
- Nova Organização das práticas comerciais
- Novos métodos de relacionamento externo
- Certificações específicas para os mercados externos

4.Economia Digital
- Desenvolvimento de redes modernas de distribuição e colocação de bens e serviços no mercado
- Criação e/ ou adequação dos modelos de negócios com vista à inserção da PME na economia digital
- Presença na Web
- Introdução de sistemas de informação aplicados a novos métodos de distribuição e logística

5.Racionalização/ Eficiência Energética
- Incorporação dos princípios de eco-eficiência e da economia circular
- Certificações de sistemas
- Serviços e produtos na área do ambiente
- Obtenção do Rótulo Ecológico
- Sistema de ecogestão e auditoria (EMAS)

6.Gestão Estratégica e Operacional (Formação para Empresários).
- Capacitar os empresários em novos modelos de negócio e competências de apoio à gestão e à inovação aberta que estimulem parcerias e a cooperação empresarial.

Duração da intervenção e formandos:

-Micro empresas – 75h formação interempresas – 100h consultoria – envolvendo 2 trabalhadores em formação e consultoria

-Pequena empresa – 100h de formação Interempresas (intraempresa, devidamente justificado)- 100h consultoria – 3 trabalhadores em formação e em consultoria

-Média empresa – 150h intraempresas de formação – 125h consultoria- 3 a 8 trabalhadores em formação e desses 3 em consultoria

-Empresários (área temática 6) – 75h formação – 50h consultoria – 1 trabalhador em formação e consultoria

Alterações à Lei do Tabaco

2016-01-04

A partir de 1 de Janeiro de 2016 entram em vigor as novas regras da Lei do Tabaco de acordo com a Lei n.º 109/2015 de 26 de Agosto.
 
O que vai mudar???
- A Lei prevê uma proibição geral de fumar em todos os espaços públicos fechados incluindo os casinos, recintos de diversão, salas de jogo, bingo e outros locais destinados a espetáculos de natureza artística.
No entanto continua a ser permitido a existência de áreas de fumadores em restaurantes, bares, discotecas e pavilhões desportivos, desde que cumpram as exigências previstas na Lei: estarem devidamente sinalizadas com a afixação do dístico, terem a indicação da lotação máxima e dispor de sistemas de ventilação especiais. O acesso a áreas de fumadores é reservado a maiores de 18 anos.
Tendo em conta os investimentos em sistemas de ventilação, a proibição geral de fumar em espaços públicos fechados só entra em vigor plenamente a partir do ano de 2020.

- Os maços de tabaco terão imagens de saúde chocantes, para desincentivar o consumo, terão também frases de alerta para os malefícios do tabaco. Os maços com a rotulagem atual podem ser comercializados até Maio de 2017, desde que tenham sido importados até 20.05.2016, sem prejuízo das regras de validade da estampilha especial prevista na Portaria n.º 1295/2007.

- Os cigarros eletrónicos que contêm nicotina passam a ser abrangidos pela lei e por isso também são proibidos nos espaços públicos fechados.

- Os aromas nos cigarros vão ser proibidos, bem como a utilização de termos como “light” e “slim”. Está previsto na Lei um período transitório  (até 20 de Maio de 2020)  para produtos cujo volume de vendas da União Europeia seja superior a 3%, como é o caso do mentol, por exemplo.

- Ajuda para deixar de fumar - A nova lei prevê ainda a criação de consultas de apoio intensivo à cessação tabágica em todos os agrupamentos de centros de saúde e hospitais do Serviço Nacional de Saúde.

- Alteração do dístico de “proibição de venda de produtos de tabaco, de produtos à base de plantas para fumar e de cigarros eletrónicos” – disponibilizado pela ACIFF aos seus Associados e clientes.
 
Estampilha Tabaco para 2016
De acordo com o Despacho nº 7910/2015, de 17 de julho, a cor de fundo da estampilha do tabaco para o ano de 2016 será vermelha. Nos termos da Portaria n.º 1295/2007, de 1 de Outubro, os produtos com estampilha do ano anterior só podem ser comercializados e vendidos ao público até às seguintes datas,

a) Maços de cigarros - até ao final do 3º mês do ano seguinte ao que corresponde a estampilha aposta, ou seja, até 31 de março;

b) Tabaco de corte fino destinado a tabaco de enrolar e restantes tabacos de fumar – até ao final do ano seguinte ao que corresponde a estampilha aposta.

Saldos, Promoções e Liquidações

2015-12-21

Com a entrada em vigor a 1 de Março de 2015 das alterações à 'Lei dos Saldos, Promoções e Liquidações', introduzidas pelo Decreto-Lei nº 10/2015, de 16 de janeiro relembramos que:

*A venda em saldos pode realizar-se em quaisquer períodos do ano, desde que não ultrapassem, no seu conjunto, a duração de 4 meses por ano.

*Os produtos à venda em saldo podem ter sido objeto, no decurso do mês anterior ao inicio do período de redução, de qualquer oferta de venda com redução de preço, promoção ou condições mais vantajosas.

Sempre que o comerciante pretenda realizar vendas em saldo ou em liquidação, a efetuar em estabelecimento físico ou através de comércio on-line deve comunicar previamente à ASAE - Autoridade de Segurança Alimentar e Económica com a antecedência de 5 dias úteis e 15 dias, respetivamente.

Para o efeito poderá preencher a Declaração de Comunicação Online, enviar por email (correio.asae@asae.pt), por fax ou por via postal para

Autoridade de Segurança Alimentar e Económica
Rua Rodrigo da Fonseca, nº 73
1269-274 Lisboa
Fax: 217 983 654

Só são permitidas as seguintes modalidade de venda com redução de preço: 'Saldos', 'Promoções' e 'Liquidação'.

É proibida a utilização de expressões similares para anunciar vendas com redução.
Esta infração é punível com coimas que podem ir de € 250 a € 3.700 no caso de pessoa singular, e de 2.500 a 30.000 euros se for pessoa coletiva.

Workshop Coaching em Vendas

2014-12-01

Este workshop é essencial para quem trabalha em vendas, mas também para todos aqueles que contactam com o público.

DATA DE REALIZAÇÃO: 21 de Maio (Sábado)

DURAÇÃO: 4,5 horas

HORÁRIO: 9h às 13h30

LOCAL: Associação Comercial e Industrial da Figueira da Foz
Largo Professor Vítor Guerra, n.º 7
3080-072 Figueira da Foz

DESTINATÁRIOS: Público empresarial e público em geral

OBJETIVO GERAL: mostrar o impacto positivo e benéfico que as ferramentas avançadas e assertivas em vendas têm na nossa vida pessoal e profissional e explicar que não é preciso ser um Coach profissional para lhes ter acesso. O Coaching em vendas funciona como complemento formativo ao profissional de vendas.

OBJETIVO ESPECÍFICO: Os participantes vão conhecer os conceitos e modelos da base do Coaching e ficarão capacitados a aplicá-los no seu dia a dia, bem como para fazer as suas primeiras sessões de coaching de vendas com os seus clientes de forma informal.

Este é um Workshop leve e divertido, repleto de exercícios práticos e com simulações reais de pequena sessão de Coaching em vendas.
Tudo isto será feito num ambiente descontraído, de uma forma bem disposta, divertida e motivadora.

DINAMIZADORA: Jaciara Tavares - Master Coach; Personal Life & Business Coach, Coaching para Empreendedores. Pós-Graduada em Gestão Humana e Gestão do Entretenimento - FGV. Formação Internacional de Coaching pela We Create - Portugal, Certificação Internacional pela Abracoaching - Academia Brasileira de Coaching, Life Coaching pelo Bruno Juliani- Brasil. Introdução à PNL pelo PRVBA –Brasil.

PREÇO: 35€ (IVA incluído) com CERTIFICADO DE FORMAÇÃO

INSCRIÇÕES: até 18/05 emhttp://goo.gl/forms/BY83V0RXjB

VAGAS LIMITADAS!

Informação sobre Alergénios

2016-05-25

O Regulamento nº 1169/2011, de 25 de outubro, relativo à prestação de informação aos consumidores, estabelece a obrigatoriedade de informar os consumidores sobre a possível presença de alergénios nos géneros alimentícios. Com entrada em vigor a 13 de dezembro de 2014, os alergénios têm que ser identificados em todos os produtos alimentares pré-embalados e não pré-embalados destinados ao consumidor final.

As substâncias ou produtos que provocam alergias ou intolerâncias, enumeradas no referido regulamento, são:

1. Cereais que contêm glúten (nomeadamente trigo, centeio, cevada, aveia, espelta, Kamut ou as suas estirpes hibridizadas) e produtos à base destes cereais, excetuando:
a) Xaropes de glicose, incluindo dextrose, à base de trigo (1);
b) Maltodextrinas à base de trigo (1);
c) Xaropes de glicose à base de cevada;
d) Cereais utilizados na confeção de destilados alcoólico, incluindo álcool etílico de origem agrícola.
2. Crustáceos e produtos à base de crustáceos.
3. Ovos e produtos à base de ovos.
4. Peixes e produtos à base de peixe, excetuando:
a) Gelatina de peixe usada como agente de transporte de vitaminas ou de carotenoides;
b) Gelatina de peixe ou ictiocola usada como clarificante da cerveja e do vinho.
5. Amendoins e produtos à base de amendoins.
6. Soja e produtos à base de soja, excetuando:
a) Óleo e gordura de soja totalmente refinados (1);
b) Tocoferóis mistos naturais (E 306), D-alfa-tocoferol natural, acetato de D-alfa-tocoferol natural, sucinato de D-alfa-tocoferol natural derivados de soja;
c) Filoesteróis e ésteres de fitoesterol derivados de óleos vegetais produzidos a partir de soja;
d) Éster de estanol vegetal produzido a partir de esteróis de óleo vegetal de soja;
7. Leite e produtos à base de leite (incluindo lactose), excetuando:
a) Lactossoro utilizado na confeção de destilados alcoólicos, incluindo álcool etílico de origem agrícola:
b) Lactitol.
8. Frutos de casca rija, nomeadamente, amêndoas (Amygdalus communis I..), avelãs ((Corylus avellana), nozes (Juglans regia), castanhas de caju (Anacardium occidentale), nozes pécan {Carya illinoensis (Wangenh) K. Koch}, castanhas do Brasil (Bertholletia excelsa), pistáchios (Pistacia vera), nozes de macadâmia ou do Queensland (Macadamia ternifólia) e produtos à base destes frutos, com exceção de frutos de casca rija utilizados na confeção de destilados alcoólicos, incluindo álcool etílico de origem agrícola;
9. Aipo e produtos à base de aipo;
10. Mostarda e produtos à base de mostarda;
11. Sementes de sésamo e produtos à base de sementes de sésamo;
12. Dióxido de enxofre e sulfitos em concentrações superiores a 10 mg/kg ou 10 mg/l em termos de SO2 total que deve ser calculado para os produtos propostos como prontos para consumo ou como reconstituídos, de acordo com as instruções dos fabricantes;
13. Tremoço e produtos à base de tremoço.
14. Moluscos e produtos à base de moluscos.

O nome da substância ou do produto a constar na lista de ingredientes deverá ser realçado através duma grafia que a distinga claramente da restante lista de ingredientes, por exemplo, através de carateres, do estilo ou da cor de fundo.