Arquivo

Diagnóstico às PME da Economia do Mar

2021-04-13

A ACIFF – Associação Comercial e Industrial da Figueira da Foz e a AEVC – Associação Empresarial de Viana do Castelo encontram-se a desenvolver o projeto INOVSEA, que tem como objetivo potenciar a inovação nas empresas que integram a Economia do Mar das regiões costeiras do Alto Minho e Baixo Mondego.

Este projeto tem por base a cooperação e o incremento de competências em fatores críticos de competitividade, como sejam a Economia Circular, a Transformação Digital, a Literacia Financeira e a Internacionalização, pelo que estamos a realizar um diagnóstico da situação das empresas e outras organizações nestes domínios.

Tendo em consideração a importância do mar e o seu impacto no desenvolvimento económico destas regiões, acreditamos que é importante incluir a perspetiva de todos os setores, independentemente de atuarem ou não diretamente na Economia do Mar.

Assim, solicitamos o vosso contributo respondendo ao questionário disponível AQUI

Contamos convosco!

Noticias Relacionadas

COMUNICADO ACIFF

2020-11-14

A nossa associação é abrangente, constituída por diferentes sectores de atividade e diferentes áreas de negócio. Agregamos na nossa associação o Comércio, a Indústria, o Turismo e os Serviços. Todos os setores e atividades identificam unanimemente o mal comum, a pandemia provocada pelo vírus SarsCov-2, associada à doença Covid-19. Como resultado desta pandemia, multiplica-se a incerteza quanto ao futuro, a enorme imprevisibilidade económica e o risco da saúde pública.

De entre os nossos associados temos recebido diferentes preocupações, solicitações e até contribuições. Cada uma das preocupações ou contribuições representa o que cada setor ou associado sente, e neste caso estas dividem-se em dois grandes polos: temos os associados que defendem fechar a todo custo a atividade para salvaguarda da vida humana; temos os associados que por rutura de tesouraria, sabem que não podem fechar. Ambas as opiniões aqui descritas estão corretas, sendo esta outra grande dificuldade com que todos temos que lutar, ou seja, a procura da solução ideal. A solução que concilia a sustentabilidade económica dos bens e serviços com a salvaguarda da vida humana, pois sem vida humana não existe vida económica. Precisamos que todos saibam que tudo temos feito para defesa do interesse coletivo dos nossos associados, nomeadamente:

• A ACIFF em conjunto com os seus parceiros do CERC (Conselho Empresarial da Região Centro) reuniu com a CIM (Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra) para em conjunto se desenvolver uma estratégia para a recuperação económica da zona geográfica em que estamos envolvidos.

• A ACIFF através do Município da Figueira da Foz e da CCP (Confederação do Comércio e Serviços de Portugal) pelo seu interlocutor o Eng. João Vieira Lopes, tem feito chegar ao governo de forma permanente todas as preocupações manifestadas pelos nossos associados. Congratulamo-nos pelo facto do Sr. Primeiro-ministro Dr. António Costa, juntamente com o seu Conselho de Ministros terem ouvido os apelos das várias associações comerciais de todo o país para as incongruências que estavam a ser pedidas e terem reformulado várias das medidas impostas para uma versão mais justa e equitativa.

Realçamos o facto do nosso Município através do seu presidente Dr. Carlos Monteiro, dentro dos poderes que lhe são concedidos, ter deliberado algumas delas para o concelho da Figueira da Foz mesmo antes das alterações da tutela serem anunciadas.

• A ACIFF mantém como sempre e mais do que nunca, uma equipa técnica disponível para esclarecer, apoiar e receber os contributos dos seus associados.

Neste tempo de incerteza cabe-nos apelar à união de todos os empresários da nossa cidade. Cada um de nós é uma peça de uma engrenagem que tem, no dia-a-dia, de contribuir para a salvaguarda da saúde pública mantendo a sustentabilidade económica do Concelho. Tudo o que temos feito tem sido com o contributo de muitos, com a forte união dos associados da ACIFF, é isso que agradecemos e pedimos que continue a existir para cumprirmos o nosso objetivo de defesa dos nossos Associados.

Nuno Lopes
(Presidente da Direção da ACIFF)

Assembleia Geral ACIFF

2020-07-20

Dia 20.07.2020 | Auditório da Incubadora de Empresas da Figueira da Foz

Realiza-se hoje, dia 20 de Julho, pelas 18h30, no Auditório da Incubadora do Mar & industria da Figueira da Foz, a Assembleia Geral Ordinária da ACIFF com a seguinte ordem de trabalhos:
Ponto Único: Apresentação, discussão e votação do Relatório e Contas da Direção referentes a 2019 e Parecer do Conselho Fiscal.

Às 19h00 realiza-se uma Assembleia Extraordinária para apreciação e deliberação sobre a subscrição de unidades de participação até ao montante de 30.000,00 € no Conselho Empresarial do Centro / Câmara de Comércio e Indústria do Centro (CEC/CCIC).

Formação Modular - Facebook e Instagram Marketing

2019-12-03

A ACIFF está a promover uma ação de formação de “Facebook e Instagram Marketing” com duração de 25 horas destinada a empregados.

A acão decorrerá entre os dias 9 e 19 de Dezembro, de 2º a 5º feira entre as 20h e as 23h.

A formação é financiada, não tendo qualquer custo para os participantes, havendo também direito a subsídio de alimentação de 4,77€/ dia, caso comprove que frequenta a formação em horário pós-laboral.

Requisitos:
- habilitações mínimas: 9º ano
- smartphone ou tablet com alguma capacidade para instalar pequenas aplicações

Documentação obrigatória:
- cartão de cidadão
- certificado de habilitações
- declaração da entidade empregadora, comprovando a situação face ao emprego e o período normal de trabalho
- IBAN com nome do formando

Poderá inscrever-se ou obter mais informações através do email formação.fm@aciff.pt ou através do 233401320

10 novas startups ligadas à Economia do Mar criadas no âmbito do projeto PLATICEMAR

2019-11-14

Os vencedores regionais do Concurso de Ideias de Negócio, realizado no âmbito do projeto Platicemar - Plataforma de Consolidação do Setor TICE e Empreendedorismo na Economia do Mar, foram apresentados no dia 13 de Novembro na Alfândega do Porto, no Congresso “Empreendedorismo na Economia do Mar– Resultados do projeto PLATICEMAR”: Sal Verde (Porto), R5 Marine Solutions (Aveiro), AquaAll (Figueira da Foz), Fishify (Leiria) e Trackbow (Sines).


O Concurso de Ideias de Negócio do PLATICEMAR registou um total de 35 candidaturas provenientes de todo o território nacional, abrangendo diversas áreas ligadas ao médio-alto conhecimento e tecnologia, tendo sido selecionadas as 25 melhores propostas, que integraram um programa de mentoria e aceleração, que lançou as bases para a criação de startups ligadas à Economia do Mar. No final do projeto foram criadas 10 novas startups, distribuídas pelos vários territórios de intervenção do projeto, nomeadamente Porto, Aveiro, Figueira da Foz, Leiria e Sines (lista no final).

Numa primeira fase do projeto, através de atividades regionais de mobilização de stakeholders, que originaram cerca de 35 sessões de trabalho, foi identificado um conjunto de oportunidades de integração das TICE na EM, entre as quais se destacam: a diversidade de mecanismos de financiamento existentes para projetos na EM, a possibilidade de surgimento de novas atividades e otimização das existentes por via da recolha e tratamento de big data gerado pelas atividades da EM (Industria 4.0), a utilização da robótica e automação industrial para conferir escalabilidade e rentabilidade a atividades da EM ou a possível exploração de recursos minerais (sobretudo alguns minérios com escassez na Europa) que decorre do alargamento da plataforma continental. Estes resultados estão refletidos e detalhados no Estudo de Diagnóstico do Potencial do Setor TICE na Economia do Mar, uma das ferramentas de trabalho desenvolvidas no âmbito do projeto.

O consórcio promotor do projeto considera que o PLATICEMAR contribuiu positivamente para o posicionamento do setor TICE, enquanto setor transversal às restantes áreas de atividade, fomentando o empreendedorismo e a inovação e explorando as oportunidades e desafios num setor tradicional como a EM. Destaca ainda, o apoio fulcral da equipa do COMPETE 2020 e do IAPMEI, desde a submissão e aprovação da candidatura até ao seu acompanhamento, ao cofinanciar e compreender a importância das ações acima descritas.


Sobre o projeto PLATICEMAR
O projeto PLATICEMAR - Plataforma de Consolidação do Setor TICE e Empreendedorismo na Economia do Mar, promovido pela Inova-Ria - Associação de Empresas para uma Rede de Inovação em Aveiro, em parceria com o Fórum Oceano – Associação da Economia do Mar, a ACIFF – Associação Comercial e Industrial da Figueira da Foz, a NERLEI – Associação Empresarial da Região de Leiria, e o Sinestecnopolo, teve com objetivo despertar a sociedade para a importância e valor do empreendedorismo e espírito empresarial na Economia do Mar (EM), tendo como base o incremento da cooperação empresarial e a incorporação de novas capacidades e competências oriundas do setor das Tecnologias de Informação, Comunicação e Eletrónica (TICE).
Este projeto pretendeu ainda contribuir para a definição de políticas de Empreendedorismo e Inovação promotoras de um modelo de desenvolvimento sustentável na Fileira da Economia do Mar, aproveitando a Estratégia Nacional para o Mar e das estratégias regionais/nacional de especialização inteligente/ RIS3 como fatores impulsionadores e aceleradores do processo de Inovação na Economia do Mar em Portugal, sendo cofinanciado pelo Programa COMPETE 2020 no âmbito do Sistema de Apoio a Ações Coletivas – Promoção do Espírito Empresarial, envolvendo um investimento elegível superior a 700 mil euros.

Lista das 10 startups criadas no âmbito do PLATICEMAR

Sal Verde - Do Mar à Mesa Saudável - Porto
Produção industrial de Salicórnia com teor de sal controlado, e transformação num produto liofilizado, baseada em processos biotecnológicos IDT.
ViP - Vigilância das praias e monitorização do litoral - Aveiro
Sistemas Aéreos Pilotados Remotamente seguros, com elevada capacidade de carga para operações no litoral e offshore.

R5 Marine Solutions - Aveiro
Soluções de engenharia marítima baseadas em modelos digitais de custo-benefício para proteção e sustentabilidade da orla costeira.

AquaAll – Figueira da Foz
Produção integrada em aquacultura de camarão da costa com ouriços-do-mar, macroalgas, e plantas halófitas, através de um sistema IMTA com o sistema RAS em ambiente fechado.

Timeoff – Figueira da Foz
Promoção e oferta de percursos de natureza inexplorados, na região da Figueira da Foz.
Moço do Peixe – Comércio de peixe online - Leiria
Plataforma online de comércio de peixe fresco, diretamente do Mar de Peniche.

Fishify – Leiria
Comércio de peixe fresco através de uma plataforma e-commerce.

Welcome to Sines - Sines
Desenvolvimento de um serviço integrado de transporte, alojamento e estadia para tripulantes dos navios que passam pelo Porto de Sines, incluindo a oferta de excursões/tours.

TrackBow - Sines
Comercialização do produto Trackbow, sistema inovador de apoio à navegação, a proprietários
de embarcações de recreio como veleiros e iates.
Subwine – Vinho estagiado no Mar - Sines
Produção e comercialização de vinho estagiado no mar, adquirindo características únicas e um resultado ímpar na caracterização da sua garrafa.